sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Eu, só


Matei memórias de futuros sonhados.
Cravei dardos no horizonte.
Gritei medos sufocados.


De que serve acordar?
Deixem-me dormir.

Sem comentários:

Enviar um comentário